[Quem é que não costuma viajar por uns dias, um final de semana, em férias, seja para encontrar amigos, parentes, conhecer novos lugares, e tem que deixar o gato ou cachorro considerados da família, no hotelzinho para animais, ou, pedir aquele “favorzão” para alguém cuidar do bichinho?]

[Seria bem melhor que ninguém precisasse passar por todo esse estresse, seja o dono do bichinho e o animal.]

[Foi pensando nesse problema comum que centenas de pessoas enfrentam cada vez que aparece uma viagem, que resolvemos juntar umas dicas de como levar seu Pet na viagem de carro, assim, a felicidade da família vai ser completa e sem preocupações.]

[Para saber como levar seu Pet na viagem, é simples, basta seguir sempre as mesmas regrinhas que vamos passar para fazer qualquer viagem virar um sucesso! Vamos conferir?]

Regra n º 1

Antes de levar seu Pet em uma viagem, saiba se ele não estranha passear de carro.

Pode até ser estranho perguntar isso, mas, você sabe se seu animal estranha  ao entrar em um carro ou ser transportado em um? Não se recomenda levar seu Pet em viagens se você nunca o levou a fazer passeios, já que certamente ficará agitado, vai miar, latir, vai ficar agitado e pode irritar muito o motorista e os passageiros.

No caso de seu Pet apresentar este perfil, leve ele o quanto antes a dar um passeio curto no seu veículo. Começar a passear de carro com ele em percursos curtos, assim você terá uma noção de como ele vai se portar durante a viagem na estrada.

Regra n º 2

Converse com o veterinário

Esse é um passo importante para evitar futuros problemas de saúde em seu Pet durante a viagem. Isso pode evitar possíveis gastos desnecessários com veterinários que você nem conhece em outras cidades.

Fale para o veterinário que você vai viajar e quer levar seu animal junto, assim, ele faz um check-up geral, se necessário pode indicar alguns remédios e até mesmo para evitar enjoos.

Regra n º 3

No dia da vigem, opte por alimentos leves

Há pessoas que costumam se alimentar bem antes de viajar, como tem pessoas que preferem nem comer. A ideia principal é não sentir-se mal na viagem e sofrer com enjoos ou vômitos, já que isso pode acontecer a qualquer um, dependendo da sensibilidade da pessoa e das curvas para onde estiver indo!

Nesse caso, o seu Pet deve ser tratado como qualquer outro integrante do veículo, sendo alimentado com comidas leves, assim, os riscos de enjoo ou vômito podem ser evitados.

Como distração é importante levar brinquedinhos do seu animal para que ele se distraia na viagem, igual as crianças. Lembre-se de levar pertences dele, que esteja acostumado, assim, como sua carteira de vacinação.

Regra nº 4

Pausas para descanso na viagem

Uma parada ou outra sempre é bom para repor as energias, já que assim como você, seu Pet ficará em uma posição por um longo tempo. Dependendo da distância e do tempo de viagem, o ideal é realizar pausas a cada 2 horas no máximo. Se for uma viagem mais curta, uma parada a cada 1 hora é suficiente. Assim, como o Pet, todos os ocupantes do carro podem ir ao banheiro, se alongar, tomar uma água e logo estarão prontos para continuar a viagem.

Regra nº 5

Use sempre o cinto de segurança, principalmente nos Pets.

Na hora de transportar seu Pet, dependendo do porte do animal, é indicado que seja transportado em uma caixa especial onde terá todo o conforto e segurança necessário, principalmente os gatos que adoram ficar dentro das casinhas, nas suas caminhas.

Uma outra opção para transporte de seu Pet em viagem, é um cinto especial próprio para mantê-lo preso ao acento. No entanto, é bom ficar atento as janelas abertas, caso fique solto sobre o banco traseiro.

Você pode optar por outro acessório que está também a venda, como tipos de bolsas Pet, e até cadeirinhas especiais para levar o Pet na viagem. Essas cadeirinhas são parecidas com as cadeirinhas próprias para transportar crianças.

Como cadeirinhas, existem as bolsas que são semelhantes ao do bebê conforto, e assim, servem apenas para animais de até 10 quilos. Mesmos nesses outros tipos de acessórios, todos devem permanecer presos as cintas para que seu animal não se machuque em caso de freadas bruscas, ou voe por para cima de você, ou de outro passageiro, ou ainda para fora do veículo. Dica super importante essa.

Siga essas dicas de como levar seu Pet e Boa Viagem!

 

 

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.
Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.