Hildebran & Wolfmüller  foi a primeira fábrica Alemã, no final do século XIX, em 1894, a criar uma linha exclusiva de fabricação de motos.

Em um curto espaço de tempo, cerca de 200 unidades foram vendidas, um verdadeiro “boom” como resposta, devido a centenas de fãs que chamou a atenção para o novo produto.

A empresa contribuiu muito no desenvolvimento de um sistema de refrigeração necessária para controlar a temperatura dos motores em geral, dando assim um upgrande nos motores que viriam a seguir.

Devido a isso, ao final do século XIX, início do século XX, a demanda na fabricação de motores cresceu em várias partes do mundo.

Aproximadamente 43 fábricas de motos na Europa, 20 empresas nos EUA, nas cidades de Columbia, Orient e Minneapolis no ano de 1910. Este foi um período de muitas conquistas tecnológicas que contribuíram na evolução das motos antigas.

O surgimento das motos japoneses vieram depois da 2ª Guerra Mundial. Esse complemente no panorama do mundo motociclístico agradou tanto que gerou novas expectativas sobre os fãs de duas rodas.

Com isso, foram produzidas motos de designer avançado, com alta tecnologia, motores melhores, com mais potência e leveza, além de serem de baixo custo e com maior conforto. No entanto, também foi o motivo de milhares de outras empresas do mundo a fecharem duas portas.

Todos os anos, novos modelos são lançados, a fim de garantir boas e grandes vendas no mercado. Assim sendo, ele permanece equilibrado o que agrada os consumidores, já que tem lançamentos para todos os gostos e bolsos!

A BMW foi fundada em 1916, com o nome de Bayerische Motoren Werke, sendo a primeira a se consagrar com a fabricação de motores para aviões, e posteriormente para barcos e caminhões.

A BMW também marcou história em 1923, com a R32 que nasceu com conjunto motriz, ficando famosa com a marca BMW Motorrad, a qual tinha um motor boxer de cilindros opostos e transmissão final feita de cardã. Com isso, a R23 marcou a história de sucesso na fabricação de motos alemã!

[Depois desse breve relato na evolução de motos históricas que faz parte do tesouro pessoal de muitos aficionados, a seguir, veja alguns dos modelos que são referências da época no mundo inteiro:

Harley-Davidson Fat Boy

Não é atoa que possui milhares de admiradores, As Harley são motos americanas mais tradicionais. Haley Davidson teve sua fabricação iniciada em 1903 e não saiu mais da alta escala de produção.

Yamaha RD350LC

A famosa Viúva Negra, muito conhecida na década de 1980 e até hoje faz a cabeça de muita gente.

Honda XL 250R

Essa guerreira ficou marcada pelos consumidores por sua resistência. No Brasil, sofreu alteração, adaptação dos motores devido a menor octanagem presente no combustível brasileiro, incluindo 25% de álcool misturado a gasolina.

Yamaha Ténéré XT600

Moto de “Rally“, como ficou conhecida. Seu lançamento no exterior foi realizado em 1983, já no Brasil, a Yamaha Ténéré XT600 teve sua aparição apenas em 1993.

Suzuki GSX-R 750

Com visual de moto de corrida, a GSX-R 750, foi uma das primeiras motocicletas esportivas com preço acessível, lançada em 1985.

Honda CBX 750F

A Honda CBX 750F até 1986 eram importadas do Japão, após essa data, começou a serem fabricadas no Brasil, para o delírio dos fãs. Para a época, ela possuía um design avançado, com um motor potente que podia atingir 200km/h.

Esta pequena lista lhe fez lembrar de outras motos que marcaram a história da motocicleta, deixe seu comentário logo abaixo. Adoraríamos saber sua opinião.

 

 

Nota
Imagens meramente ilustrativas.
Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.
Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.