Quando você entra no seu carro, liga o motor e gira o volante para manobrar, você escuta um barulho? E esse barulho fica cada vez mais alto? Isso não é um bom sinal, melhor levar em um Centro Automotivo para avaliar e corrigir o problema. O mais provável é que seja problemas na Homocinética!

Homocinética?! O que é isso? Sempre ouvimos falar mas nunca se vê.

A Homocinética, ou junta da homocinética, também conhecida pelos técnicos como junta de velocidade constante, é um sistema responsável pela transmissão de força que vai desde os eixos das rodas ao volante, e vice-versa. Esse sistema de peças é um dos mecanismos que torna possível o veículo se movimentar.

O sistema da junta homocinética é formado pela junção de peças como, um veio transmissor, esferas de aço, rolamentos, cúpula e veio transmissor como parte do cubo da roda. Traduzindo, é um par de dobradiças arredondadas que giram em posições contrárias. Este sistema possui uma parte interna e externa, separadas por uma esfera que fica junto da parte externa do semieixo. Estas partes deslizam, permitindo os movimentos em vários ângulos distintos.

Embora este barulho venha surgir com leves socos no volante ou como um forte barulho ao girar a direção, pode ficar calmo(a) que não é considerado um problema grave e nem extremamente caro para consertar, quando notada a tempo. Mas, claro que tudo depende do quanto danificado está a junta e do preço da mão de obra do mecânico. Portanto, o carro não pode esperar muito para ser levado a um técnico-mecânico, principalmente porque está ligado diretamente ao funcionamento das transmissões de força do carro e seu controle.

Esses desgastes na Homocinética podem aparecer devido à esforços excessivos que o motorista realiza com seu carro, como torque (rotação do voltante) demasiado (excessivamente) nas manobras, trancos, ou fortes arrancadas constantes que danifica o conjunto, cuja função é a transmissão de força.

Você já deve ter se perguntado: – quando sei que há problema na junta homocinética e o que eu devo fazer?

Além do barulho, bem característico e gritante que o carro faz para avisar o problema, outro sintoma que pode identificar se o carro está com problemas na junta da Homocinética, é a perda de força mesmo acelerando. Isso tudo, durante as manobras, é possível ouvir o atrito metálico seguidos de estalos, o que indica que há desgaste na peça, por isso, o mecânico deve apontar que a junta está com folga e precisa ser trocada.

Para meio motorista ou iniciante, um simples barulho fora do normal basta. Ao sentir que o carro está fazendo alguns dos sintomas descritos, o mais indicado é levar seu carro a um Auto Center de confiança e especializado, para checar o problema, seja na Homocinética, ou, não.

 Para ilustrar melhor, veja no vídeo abaixo:

Fonte: Canal Componentes Nakata

Mas claro, como muita gente tem acessado a internet, a informação está ficando cada vez mais globalizada. Até para ser “seu próprio mecânico” tem pessoas ensinando em vários sites de “Faça Você Mesmo” como consertar seu carro, e no caso de problemas na Homocinética não podia ser diferente. No entanto, tudo que o pretensioso mecânico pode fazer é apenas desmontar as juntas, retirar as coifas (rebolos), limpá-las, e renovar a graxa, aliás, isto deve ser feito com certa frequência!

Caso o problema mesmo assim persistir, o melhor a fazer é procurar um mecânico especializado, caso contrário, existe grandes chances do seu carro quebrar de repente, e o motorista ou dono do veículo ainda ter mais gastos com guincho e outras peças danificadas no ocorrido, aí sim, o prejuízo será bem maior que o previsto!

    Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu veículo.

0 comentários